Página Inicial

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

A medida do amor: Deixe nas mãos de quem entende!

A paz do Senhor Intercessoras!!

    Gostaria primeiramente de agradecer a você que nos acompanhou em 2016 e desejar que o ano de 2017 seja incrível para você e sua família!Para começar o ano, trouxe uma reflexão sobre o lugar de cada um no relacionamento.Vamos conferir?

como suportar a traição


    Muito já se falou sobre a verdadeira composição do casamento: homem, mulher e Deus!
  Deus tem que estar presente para que o relacionamento caminhe bem, todos nós já sabemos disso.Mas hoje gostaria de destacar um ponto importante desse pensamento: Que lugar Deus ocupa em seu relacionamento?
    Essa pergunta é bem sugestiva, pois facilmente alguém responderá que Ele está em primeiro lugar.     Infelizmente a realidade é bem diferente! 
   Em uma grande maioria de casamentos , os grandes problemas são causados justamente pelo fato de os cônjuges deixarem Deus sempre em ultimo plano.
   É muito comum ver homens e mulheres fazendo de tudo para ver o cônjuge feliz: estão sempre atentos à suas necessidades, dão presentes, fazem surpresas , se doam completamente ao outro, entregam seus corações, mesmo quando não correspondidos.Muitos suportam mau tratos, traição,alcoolismo, entre outras coisas,às vezes por conveniência, às vezes por amor.
   É comum também perceber pessoas que "se estão bem com o marido estão bem com Deus, mas se algo dá errado,Deus se torna culpado".
 É triste ver pessoas tão entregues à paixão, ainda mais quando sofrem através dessa entrega.Algumas mulheres se sentem obcecadas pelo marido de tal forma que querem dominá-lo ou "segurá-lo" a qualquer custo.
  Querida, talvez você tenha chegado à esse texto por estar procurando uma solução para o seu casamento, eu gostaria de alertá-la sobre isso: antes de qualquer coisa, pare e pense se Deus tem ocupado lugar de honra em sua vida.


Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Mateus 6:33

    Se o seu casamento não vai bem e você não sabe mais o que fazer, siga esse conselho:
   Não perca seu temo tentando chamar a atenção do seu marido, seguindo-o, vasculhando as coisas dele, provocando-o, xingando-o e brigando com ele.Não faça isso!!
   Não ceda aos caprichos do seu marido se você se sente infeliz por isso.Uma boa conversa pode convencê-lo a tomar atitudes diferentes.
   Use o seu tempo para adorar a Deus, ler a bíblia, ir à igreja e orar! Se dedique à Deus e apenas cumpra suas obrigações como esposa e dona de casa,sem exageros! 
   Deixe Deus assumir o controle,confie a Ele sua vida e seu casamento.Seus esforços,se não forem direcionados pelo Senhor, serão todos em vão.Você irá  se sentir cansada e oprimida e mesmo assim, não solucionará seus problemas conjugais.

    A regra é muito simples:


Deus em primeiro lugar
Depois você
Depois Ele


Não, eu não estou blefando! Veja o versículo abaixo:


Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.   
Marcos 12:30,31

    O versiculo deixa bem claro que Deus é o seu relacionamento mais importante,você deve estar ligada à Ele em todo o tempo. Depois, diz que você deve amar ao próximo como a ti mesmo; isso quer dizer que você precisa se amar antes de amar o outro, então, se você quer que alguém se sinta bem ao seu lado, você deve estar bem,se quer fazer alguém feliz, tem que estar feliz, precisa dar a si mesma as melhores condições, pois só assim poderá oferecer o melhor de si ao outro.Resumindo: se você tiver amor-próprio, respeito e dedicação com sua própria vida, conseguirá oferecer seu amor a alguém, mas certamente saberá impor limites para que  outro não te desmereça ou desrespeite.
     Relembrando: DEUS, VOCÊ, SEU CONJUGE, essa é a ordem.

    Não interprete errado: não tem que deixar de amar seu esposo.Só tem que saber a medida certa a oferecer, lembrar-se que Deus deve ser o centro das suas atenções e  avaliar se as formas que tem amado seu marido são realmente eficazes e respeitosas.

    Reflita, reconsidere e siga em frente.Só não desista do seu casamento!

Beijos amadas, 
Fiquem na paz do Senhor Jesus Cristo!



Um comentário:

  1. Seu blog é muito lindo e fofo, gostei muito.

    Deixando aqui o meu, eu retribuo se quiser seguir, beijos.

    PS: Cristiane
    http://vozfemininanareforma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!!
Fique mais um pouco, leia mais..

bjs